Ciência Revela que a Oração e a Meditação Ajudam a Curar Doenças.

A fé sempre teve a capacidade de tornar os objetivos mais tangíveis, os sonhos mais reais e as dificuldades mais amenas.  Pessoas que praticam a meditação e a oração, são mais tranquilas, pacíficas e felizes.

Mas a fé nunca recebeu reconhecimento do campo médico quando trata-se de lidar com doenças, por mais que houvesse oração, meditação, ou algum outro tipo de tratamento energético, a medicina sempre creditou a cura ou a diminuição da enfermidade à ciência.

Pesquisas recentes mostram que o poder da oração ou da meditação pode ser muito eficaz na recuperação de enfermidades.

Segundo os estudos,  a meditação e a oração funcionam como um treinamento físico para o cérebro. Pesquisas com “scanners” de cérebro, liderado pelo Dr. Andrew Newberg, diretor de pesquisa do Hospital Thomas Jefferson e Medical College na Pensilvânia (EUA) mostram, durante ressonância magnética, que orações ou meditações recorrentes estimulam a atuação dos lobos frontais e na área do cérebro aplicada a linguagem. Isso afirmaria que a oração ou meditação é semelhante a falar com as pessoas, e isso cria uma experiência neurológica e estimula diversas sinapses, glândulas e órgãos do corpo.

O pesquisador é conhecido por buscar comprovar e desvendar a relação entre fé e ciência. Em um dos seus estudos, Newberg juntou pacientes idosos que apresentavam problemas de memória. Eles começaram a orar todos os dias, durante 12 minutos, por oito semanas.

Na realização dessa experiência foi injetado nos participantes, enquanto estavam em profunda oração ou meditação,  um corante radioativo inofensivo. O corante foi para diferentes partes do cérebro onde havia maior fluxo de sangue. Newberg concluiu que, independentemente da religião, a oração ou meditação cria uma experiência neurológica nas pessoas e constatou que o ato de orar ou meditar é muito semelhante a um treinamento físico para o cérebro.

Sendo assim a oração ou meditação, se tornariam físicas enquanto estímulos espirituais, pelos estímulos neurológicos e sensoriais. Seria como o princípio do pensamento positivo, através dele nos conectamos a tudo o que nos leva ao nosso objetivo e isso nos faz muito bem.

A conexão com uma Fonte Divina nos daria uma sensação de bem-estar que é benéfica ao nosso corpo e essa atividade pode ajudar a acelerar o processo da cura de doenças. Quando nosso corpo percebe nossa atividade e positividade, ele resiste a doença e o tratamento médico responde de forma mais rápida, benéfica e eficaz.

Por isso a prática diária da meditação, oração, conexão com a espiritualidade ou com o ser divino traz benefícios para todos.

Busque a plenitude, não permita que alguma doença lhe acometa, procure a sensação de uma vida mais plena e positiva. O estímulo do cérebro é real porque transmite as boas sensações para o nosso corpo e o resultado é perceptível a todos.

O dr. Andrew afirma que nosso cérebro possui estrutura para receber essas experiências especiais com facilidade, independentemente da religião.  Um outro estudo publicado pela revista Câncer, da Sociedade Americana do Câncer, mostrou que os pacientes com fortes crenças espirituais reagem melhor ao tratamento de doenças e seus sintomas são bem mais amenos que os demais.

A análise do Dr. Andrew Newberg, foi realizada com 40.000 pacientes.

 

  • Nota: As informações e sugestões deste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

 

Fonte: healthylivingathome

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.