Tudo sobre chackras

Tudo sobre chackras
Você já ouviu falar dos chackras?

Seu nome vem da língua sagrada indiana sânscrito e Chackra, chacra ou xacra significa plexo, centro e disco, a roda da energia, está ligada a canais dentro do organismo humano que coordenam a circulação do prana (energia vital).

Eles são os pontos de encontro dos circuitos energéticos do corpo humano, por onde a nossa vitalidade chega aos sistemas e órgãos e faz com que tudo funcione perfeitamente. Estão em pontos específicos por onde absorvemos energias qualificadas e expurgamos energias desqualificadas, é por onde flui a energia no nosso ser.

Como um disco, ele gira e espalha vibrações corporais. Existem sete chackras principais, sendo cada um responsável por determinado aspecto físico e emocional.  Os chackras secundários podem ser localizados em outras partes no nosso organismo, como na sola dos pés e palma das mãos.  Precisamos cuidar dos nossos chackras, pois o bloqueio energético de apenas um chackra pode comprometer os demais e sobrecarregar o chackra cardíaco. Não pode haver energia em demasia nem a falta dela em cada chacra, mas a quantidade suficiente para deixar o corpo em equilíbrio. O desequilíbrio pode causar questões mentais, emocionais como aborrecimentos, sensação de vazio, estar emotivo demais, tristeza, estresse e muitas outras situações como doenças que podem bloquear o campo energético dos chackras

Os chakras estão relacionados à saúde física e espiritual do ser humano. Por isso, conhecê-los é saber e zelar por todo bem-estar.

O alinhamento de chakras exige um esforço diário de uns 10 minutos e o resultado pode transformar vidas.

Tipos de chackras

Existem diversos tipos de chackras, abaixo mencionados os chackras magnos os mais importantes:

– Muladhara: Chackra Base ou Raíz, pois está localizado na base da espinha dorsal, na coluna;

– Svadhisthana: Chackra Esplênico, Sacro 

ou do Baço, pois está abaixo do umbigo por um palmo;

– Manipura: Chackra do Plexo Solar ou Umbilical, já que está a dois dedos acima do umbigo;

– Anahata: Chackra cardíaco, ele fica no centro do peito, em direção ao coração;

– Visuddha: Chackra Laríngeo, situado em frente à garganta, estando ligado à tireóide;

– Ajna: Chackra Frontal ou também conhecido como Terceiro Olho, já que está entre as sobrancelhas e

–  Sahasrara: Chackra Coronário ou Cabeça, estando no topo da cabeça.

Função dos chackras

Cada um dos chackras, a partir de sua localização, é responsável por cuidar de um aspecto físico e emocional do corpo e ser. Observe e saiba qual deles você precisa se focar mais para melhorar a sua qualidade de vida.

Chackra Base ou Raiz: o primeiro chackra está ligado à saúde sexual. Quando não tem energia suficiente, ele pode causar distúrbios sexuais; já com excesso de energia, pode até indicar a presença de tumores. Quanto ao lado espiritual, ele cuida da nossa capacidade de agir.

– Chackra Esplênico, Sacro ou sexual: o segundo chackra recebe as energias mais sutis e as distribui por todo o corpo, estando totalmente ligado à auto-estima. As questões cotidianas passam por ele.

– Chackra Plexo Solar ou Umbilical: o terceiro chackra trata das emoções; quando está muito energizado, mostra um indivíduo emotivo e dado a prazeres imediatos; se lhe falta energia é porque há baixo magnetismo e risco de doenças crônicas.

– Chackra Cardíaco: o quarto chackra está vinculado ao amor e as devoções, no plano espiritual, e às doenças cardíacas, quanto ao aspecto físico.

– Chacra Laríngeo ou da Garganta: o quinto chacra trata da voz e do entendimento. Quando está fortalecido, traz discernimento e capacidade mental; já em um período de baixa energética, pode trazer doenças ligadas à tireóide, que trazem fraquezas físicas e mentais.

– Chackra Frontal ou Terceiro Olho: o sexto chackra é aquele que mexe com a intuição e percepção. Sua energia traz um alto grau de sensitividade e, na falta dela, problemas psico- mentais.

– Chackra Coronário ou da coroa: também conhecido como “flor de mil pétalas” o sétimo e último chackra magno é responsável por receber a Luz Divina e reger a energia global de uma pessoa. Ele proporciona uma maior consciência do que é ser humano. Capta a energia cósmica e comanda os demais chackras, é responsável pelos processos da razão e nele se dá a integração do ser físico, emocional, mental e espiritual.

Métodos para fortalecer as energias dos chackras

Para fortalecer e equilibrar os chackras, podemos utilizar cristais.

Basta identificar o cristal correspondente ao chackra, para iniciar um processo de limpeza (cobrindo-o com água e sal grosso ou sob chuva, por exemplo), de energização (levando o cristal para receber a luz solar, lunar ou energia de água corrente) e programação, para que você consiga receber energia necessária para determinado fim.

Ouvir áudios de meditação específico sobre tal chacra é outra forma de energizá-lo. Confira abaixo alguns dos cristais utilizados para fortalecer a energia dos chackras:

Chackra Muladhara: coral, quartzo, granada, hematita, rubi, jaspe sanguineo fumê, turmalina preta e ônix.

Chackra Svadhisthana: Olho de tigre, âmbar citrino, calcita laranja, topázio e cornalina.

Chackra Manipura: olho de tigre, topázio e citrino.

Chackra Anahata:  esmeralda, turmalina rosa, turmalina verde, quartzo rosa, rodocrosita e kunzita.

Chackra Vishuddha: turquesa, água marinha, topázio azul e amazonita.

Chackra azurita, cianita, sodalita, quartzo azul e lápis lázuli.

Chackra quartzo branco, ametista, diamante herkimer e sugilita.

Cuidar da nossa anatomia energética é tão importante quando os cuidados que temos com o nosso corpo físico. Esses cuidados nos trazem o equilíbrio, harmonização mental, emocional e espiritual. A limpeza do nosso campo energético promove o desbloqueio dos caminhos que nos levam a paz interior, através desse equilíbrio podemos assumir nosso poder pessoal, nos livrar dos problemas que nos absorvem diariamente como ansiedade, falta de prosperidade, sensação de cansaço, fraqueza e desanimo, cuidar da nossa anatomia energética significa retornar ao caminho da felicidade.

 

Gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.