Autoconhecimento

Autoconhecimento

Conhecer a nossa própria essência é um passo primordial para que todos os cenários da nossa vida tenham sucesso.

O ser humano possui a tendência de enxergar para fora de si e nunca para si mesmo. Sempre que queremos conquistar algo olhamos para fora de nós, sendo que se procurássemos as respostas em nós mesmos não precisariamos investir tanto esforço nas nossas conquistas.
É muito difícil a compreensão de que o sofrimento que nos norteia no presente é apenas um reflexo de nossas escolhas do passado. Lei de causa e efeito, o que enviamos para o universo é o que recebemos dele.

Portanto precisamos ter ciência que tudo o que acontece envolve nossos sentimentos, emoções, pensamentos e as palavras que pronunciamos, tudo reflete em nossas ações e para melhorar nossos resultados é preciso trabalhar a consciência.

Sócrates já mencionava na antiguidade a fórmula que leva o ser humano ao seu progresso moral que é conhecer a si mesmo, este é o princípio regenerador no qual devemos nos basear e buscar nosso desenvolvimento pessoal e transformar nossa realidade.

O caminho do autoconhecimento só nos leva a colher bons resultados para nossas vidas. É preciso tomar consciência, mudar atitudes, monitorar os pensamentos, sentimentos e aprender a perdoar as mágoas do passado, pois elas só atrasam nossa evolução, seja como seres humanos ou no plano espiritual.

Precisamos detectar pensamentos que nos levam a ter sentimentos ruins e substituí-los por pensamentos bons desfrutando-os com o sentimento, o coração. Esse exercício não é simples, é preciso muito treinamento para nos tirar de uma prática cotidiana e alterar para uma nova frequência. Para isso é preciso ter paciência, perserverança e fé.

É preciso trabalhar nossos pontos ruins para melhorar nossos resultados, para isso precisamos exercitar nossa auto-estima e a gratidão.

Temos a tendência de nos culpar pelos nossos fracassos, nos cobramos muito por não sermos perfeitos, por não termos o corpo que desejamos, por não termos alcançado a vida material que esperamos e acabamos esquecendo de reconhecer a imensidade de coisas maravilhosas que temos disponíveis e agradecer por tudo isso.

Muitos se perguntam: Agradecer pelo que? Vivemos num país que nos oferece uma abundância de alimentos, somos livres, podemos respirar, temos saúde, vivemos em condições climáticas favoráveis. Mas ao contrário de agradecer, ao invés de valorizarmos tudo o que a vida nos oferece de bom, tendemos a engrandecer tudo o que achamos não estar de acordo com as nossas expectativas, e esse é nosso grande erro. Pois fazendo isso estamos atraindo pensamentos negativos e vibrando em frequência baixa, fator que nos afasta do sucesso.

Precisamos enaltecer as qualidades das nossas vidas, independente das condições do local onde vivemos ou da nossa classe social, precisamos reconhecer que somos especiais.

Precisamos elevar nossa auto estima, nos aceitar com o coração, nos valorizar e também valorizar tudo o que temos e o meio em que vivemos, precisamos de autoconfiança e agradecer por todas essas dádivas.

Ao valorizar tudo o que temos e tudo o que somos, nos conectamos com o que chamamos de perfeição e isso nos leva a buscar melhorias em nossas vidas. Se você possui algo que enão te agrada, lembre que isso pode ser a motivação que te fará ir atrás de algo melhor, portanto esse fato te movimenta, te motiva a lutar pelo que você quer, seja muito grato por isso.

Como já citei, não é um exercício simples e fácil. Nos parece ser mais fácil viver o cotidiano, focando somente nas nossas tarefas rotineiras e nos problemas que precisamos resolver no dia a dia, parece que isso não nos dará tanto trabalho. Porém essa conduta deixa nossas vidas estagnadas, e se nos esforçarmos e buscarmos mais qualidade em nossa energia poderemos além de nos conhecer melhor, equilibrar nossas energias, nossos pensamentos, sentimentos e também harmonizar o meio em que vivemos, tanto no campo pessoal quanto profissional.

Para que esse autoconhecimento seja possível, precisamos adotar diariamente práticas reflexivas, monitorar nossos sentimentos, pensamentos e ações. Se nossos pensamentos não estão sendo bons para nosso bem estar, precisamos afastá-los e substituí-los por outros positivos que nos façam sentir melhores e isso é possível através do estado de gratidão.

Essa prática também vem ao encontro do que Jesus disse aos seus discípulos: – Orai e Vigiai! Naquela época Jesus orientava seus discípulos a ficarem alertas em relação aos seus sentimentos, pois sentimentos e pensamentos ruins, atraem energias ruins, a matéria é muito suscetível a vibrações negativas.

Se sabemos que nossos grandes sofrimentos são consequências das nossas próprias ações, então encontramos a chave para conquistar a felicidade, o auto conhecimento e a vigília constante dos nossos pensamentos e sentimentos.

Allan Kardec em O Livro dos Espíritos perguntou a Santo Agostinho qual seria o meio mais prático eficaz que teria o homem para melhorar nesta vida e resistir à atração do mal? A resposta de Santo Agostinho foi: que um sábio da antiguidade disse: Conhece-te a ti mesmo!

Seguindo a mesma pergunta do Livro dos Espíritos, Santo Agotinho explica que conhecer-se a si mesmo deve ser prática diária

[…]”Examinai o que pudestes ter obrado contra Deus, depois contra o vosso próximo e, finalmente, contra vós mesmos. As respostas vos darão, ou o descanso para a vossa consciência, ou a indicação de um mal que precise ser curado. ”
(Santo Agostinho – O Livro dos Espíritos)
. O autoconhecimento é tão importante que está gravado não só na escrituras sagradas, mas também nos foi revelado desde a antiguidade por Sócrates, antes mesmo da passagem de Jesus Cristo pelo planeta Terra.
”Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses”
(Sócrates)

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.