Planeta Terra: o maior modelo de escravidão do Universo

Planeta Terra: o maior modelo de escravidão do Universo

Enquanto estamos encarnados, usando um corpo físico no Planeta Terra, somos submetidos a um sistema de escravidão que não nos permite crescer espiritualmente da forma como nos preparamos.

A cabala escura, comandada por espíritos materialistas encarnados como nós, não nos possibilita fugir de um sistema criado e desenvolvido através dos séculos para manter a grande massa presa a situações e esquemas pré-moldados, que nos privam da liberdade desde que nascemos.

As artimanhas criadas pelos membros da cabala escura nos levam a cumprir o que é considerado pela maior parte das pessoas como destino. Assim, uma criança que nasce numa família pobre e analfabeta, por exemplo, possui raríssimas chances de crescer e se desenvolver, servindo a vida toda aos interesses dos poderosos que dominam o planeta.

O próprio meio social nos impede de crescer espiritualmente. Se precisamos de um emprego para nos manter, estamos submissos à autoridade de integrantes da cabala escura, que estabelecem não apenas o valor da remuneração, mas também as condições em que devemos viver.

O que a grande maioria das pessoas não consegue enxergar é a possibilidade de romper com essas cadeias, declarando a própria liberdade e buscando meios para crescer espiritualmente, mesmo estando inseridas num contexto opressor, que busca limitar as capacidades mentais e espirituais.

Meios usados pela cabala escura no Planeta Terra

Um aspecto interessante, que normalmente não é considerado, são os meios pelos quais a cabala escura estabelece o seu poder sobre as pessoas. Na maior parte das vezes as pessoas se acostumam tanto com a situação, que não percebem estarem sendo manipuladas e impedidas de progredir.

Além das condições naturais a que são submetidas as pessoas para continuarem sua vidinha monótona e passiva, a constante repetição de frases feitas e ditados populares continuam condicionando a mente, mantendo as pessoas num estado de submissão que se torna praticamente a sua filosofia de vida.

Vamos analisar alguns desses ditados, percebendo neles a verdadeira intenção da cabala escura:

Deus ajuda quem cedo madruga

Nada mais perfeito para fazer com que as pessoas cumpram com os objetivos dos poderosos da cabala escura: um homem comprometido com obrigações materiais naõ tem tempo para buscar as coisas espirituais.

Mais vale um pássaro na mão do que dois voando

Aqui temos a frase conformista, obrigando as pessoas a se manterem no lugar em que se encontram, sem buscar o progresso ou o conhecimento.

Lavo minhas mãos

Este é um ditado popular implantado que se mostra perfeito para quem não quer se comprometer com as obrigações necessárias para defender e apoiar manifestações contrárias às diretrizes impostas pela cabala escura.

Manda quem pode, obedece quem tem juízo

Perfeito para obrigar as pessoas a se manterem nos lugares que lhes foram determinados, sem objetar, sem questionar e sem mostrar insatisfação com o sistema.

Todo homem tem seu preço

A frase perfeita para não receber qualquer tipo de contestação por parte da maioria das pessoas. Infelizmente, é uma frase que se mostra bastante atualizada, principalmente quando percebemos que uma pessoa, para atender suas próprias necessidades, acaba aceitando o que lhe é ofertado, sem saber que, na verdade, o que está recebendo como algo que considera prêmio são apenas coisas que não mais interessam a quem lhe forneceu.

Como escapar da escravidão imposta pela cabala escura

A manutenção da consciência é o melhor meio para escapar dessa escravidão imposta pela cabala escura.

Para não continuar submisso às condições, é necessário buscar sempre a verdade, mesmo que ela não seja tão favorável àquilo que pretendemos. Devemos entender que estamos vivendo apenas uma fase enquanto vivos, que deve nos servir para o crescimento espiritual.

Se nos importarmos com questões físicas e materiais, apenas, não teremos condições de superar os desafios e quebrar os grilhões.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.